domingo, 15 de maio de 2016

Você me fez um grande favor



Eu sempre fui bem direta com você e esperava o mesmo. Eu sei que você é inseguro e todo esse rodeio, essa desconfiança, essa pressão interna de deixar a vida de solteiro te afligem. Normal. A gente até quer dá certo com alguém mas sempre tem aquele medo maroto de nos machucar, aquela dúvida do 'e se...' Normal. Eu tenho, todo mundo tem. O que não se pode ter é querer que alguém te espere a vida toda. O que não pode é fazer que alguém não desista de você enquanto você vive sua vida com outras pessoas. O que não pode é cobrar aquilo que não pode proporcionar.

Eu entendo que você tenha medo de se frustrar, medo do que seus amigos vão achar, medo do que sua família vai dizer. Sei que você queria uma pessoa perfeita, daquelas que peguem sua cerveja na hora do futebol, concorde com suas convicções políticas e torça pro seu time do coração. Sei que você ama viajar e seria interessante ter alguém que mesmo não possa lhe acompanhar nas viagens, deixe você viajar com os amigos. 


Todo mundo tem um perfil ideal da pessoa que quer ao seu lado. Ou uma pessoa que seja o mais próximo possível do que você procura. Ou ainda alguém que te entenda sempre e respeite sua opinião mesmo que seja contrária a dela. Todo mundo quer, eu também queria que fosse assim com a gente. Mas não é. Somos duas pessoas diferentes e depois de algum tempo, percebi que eu simplesmente me iludi idealizando alguém que não existia. Alguém que eu criei de forma natural em cima de uma pessoa que já nutria um sentimento.

Essa história de os opostos se atraem só é bonita na teoria. Na prática é tudo bem diferente. Hoje, depois de muito me culpar na gente nunca ter dado certo, eu te agradeço. Te agradeço por nunca ter tentado, por nunca ter me dado espaço, por nunca ter tomado iniciativa. Hoje eu te agradeço por ser tão diferente de mim e odiar a forma sarcástica que te respondo quando me fazes ciúmes. 

Sou grata a tudo isso. Hoje finalmente dei o ponto final aquilo que nem começou, na história que não vingou, no sorriso que não aconteceu, nas músicas que não dançamos, nas viagens que não fizemos, dos sonhos que não realizamos juntos. 

Hoje eu me sinto livre de toda aquela culpa que eu julgava ser mim por não termos dado certo,,, Hoje eu me sinto mais leve. Você me fez um grande favor e só agora eu consigo entender.


Não, não estou escrevendo pra ninguém. É apenas uma crônica.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Volte sempre!
Bjs
@denilzefranca