terça-feira, 22 de março de 2016

Te tatuei, meu bem.

Muito simples ter você como referência de querer alguém por perto, sabe. Você tem as palavras certas pra cada ocasião,cada pergunta, um conselho pra cada medo. Tem contigo um ar de sarcasmo que me faz te odiar e te amar ao mesmo tempo. Um mix de emoções que tá me tirando o sono e me fazendo contar os dias pra te ver novamente. Pensei que n'outro dia não quiseste me ver, me veio com uma desculpinha esfarrapada que tava cansado e que precisava pôr o sono em dia. Que não seria boa companhia e depois da segunda taça de vinho não teria mais graça tê-lo por perto. Meu bem, mal sabe você que a graça está em ti. Nos teus detalhes imperfeitos, no cabelo bagunçado quando acorda, no suspiro que fazes quando discutimos, no teu sorriso meio sem jeito quando te deixo sem graça. Você é a graça. O simples fato de te ver já me satisfaz, sabe? Eu tenho comigo um sentimento tão grande que é capaz de explodir a qualquer instante de tão intenso que tá. Te tatuei no meu peito e tá dolorindo aqui dentro, viu? Tu sumiu e isso me consome por dentro não saber onde ou com quem está. Não me prometeste nada, nem ligação no dia seguinte, nem responder minhas cobranças infundadas no whatsapp, nem um like no instagram. Nada. É que eu tenho essa mania meio torta mesmo de me iludir com as expectativas dos sinais que só existem na minha cabeça.



Te tatuei, meu bem. E ta difícil pra caramba de tirar daqui. Foi uma cirurgia até simples, segundo os médicos, mas o pós cirúrgico tá me matando.

2 comentários :

  1. Obrigada por me avisar Deni, já corrigi a informação no blog. Bom, eu me identifiquei em cada linha do seu texto. Relacionamentos sempre são um mar de emoções
    Boa semana
    Big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  2. Lindo amiga... Quando vai lançar o livro??? Rsrsrrs Bjos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Volte sempre!
Bjs
@denilzefranca