quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Carta ao meu ex amor.

Querido ex amor,

Você pode ler esse post ao som de Jota Quest - O que eu também não entendo. 



Dá um aperto no coração só de imaginar encontrar algo que eu não queira. Mas não canso de procurar. Inciei o ano disposta a te esquecer, mas tá dificil pra caramba. Olho teu facebook todo dia pra verificar se o status de relacionamento continua o mesmo. Verifico as fotos marcadas do instagram pra saber se alguém tirou foto contigo no dia anterior. Fico abrindo a janela de conversação do whatsapp a cada cinco minutos pra saber se está online. E, quando chega a noite, tenho vontade de saber tudo que aconteceu no seu dia, sabe? Tudinho mesmo. Saber se chegou atrasado na faculdade, conseguir entregar o relatório a tempo no trabalho ou se conseguiu uma boa vaga pra estacionar. Sei lá, coisas assim, sabe? Mostrar que mesmo cansada, querendo dormir,  eu prefiro está acordada até as 3 pra conversar com você. Fazer você perceber o quanto eu sou útil e o quanto posso me encaixar na sua vida conturbada. Queria ter a abertura de contar como foi meu dia também. Te dizer que o trânsito tava lento, que as músicas de Marília Mendonça me fizeram lembrar você e que Jorge e Mateus tem todas as legendas nas nossas fotos de viagens. Aquelas que nunca fizemos. Queria te lembrar que sexta agora vai ter aquele show único do carinha que só você conhece e não nega que é super fã. Mas o local do show você não curte muito. Porém, talvez valha até a pena. Tenho certeza que você vai desmarcar comigo o almoço de amanhã, de novo. Ah, mas quem liga? Provavelmente vai acontecer algum imprevisto, como sempre, no trabalho e você não vai poder ir... No domingo, amor, eu olhei a programação do cinema. E aquele filme, que você me enviou o trailer há dois meses atrás, está em cartaz. Não sei se você lembra (você nunca lembra!), mas você me convidou pra assistir com você na estréia. Antes de dormir, meu bem, queria te lembrar de ativar o despertador... Sabe, você sempre esquece e ainda diz que a culpa é minha por ser tão interessante até as 3 da manhã :'). Sinto falta dos teus 'bom dia', dos vídeos bobos enviados no meio do dia, dos assuntos sem pé nem cabeça que puxava comigo, só pra ter a certeza que eu estava pensando em você. Sempre estou, só pra frisar. Queria, aliás, que você desconsiderasse as patadas que te dei nos últimos dias. Cara, te esquecer não tá fácil e você só complica o meio de campo aparecendo do nada puxando assunto comigo. Ao mesmo tempo que quero que nunca mais apareça uma notificação sua, quero que você me diga como foi seu dia sem que eu pergunte. Me ligue na sexta de madrugada bêbado dizendo que a balada tá sem graça sem minha presença e que me impeça de acordar cedo no feriado pra ficar mais tempo com você. O que eu queria mesmo era que você percebesse o quão idiota é por me fazer tentar te esquecer, que isso não é bom nem pra mim muito menos pra você. Mas, quero que entenda, que apesar de tudo, ser o plano B nunca esteve em meus planos. Mesmo que o plano B inclua você.

Sem mais delongas,

Com carinho,
Seu ex amor. Agora na versão definitiva.

6 comentários :

  1. Nossa amei sua carta muito profunda!! =)

    Depois dá uma passadinha no meu blog!!

    http://lorenalarissablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Arrasou Deny, parabéns texto lindo. Visitarei mais vezes RS😘😉

    ResponderExcluir

  3. linda e emocionante carta : )
    já estou te seguindo, eu também tenho um blog se quiser conhecer, bjs
    lanibelezafeminina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que palavras fortes! Você escreve muito beem, continue assim que vai muito longe viu haha

    Beijoos, Ana Carolina
    www.simplesglamour.com.br
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  5. Uma carta muito emocionante. Gostei. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Volte sempre!
Bjs
@denilzefranca