terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Elas estão todas namorando

Não, não são as suas amigas da igreja. Muito menos suas companheiras do chá das 5 dia de sexta na Saraiva. São as amigas da balada. Aquelas de roupa curta, decote exagerado, que ficam bêbadas em toda festa, postam fotos sujas de maisena no facebook e pouco se importam sobre a opnião dos outros quando pegam o telefone e mandam áudio pro ex ou pro carinha que conheceram um dia antes.



Acompanharam meu raciocínio?

Sim, as que são taxadas de piriguetes por não usarem saias longas ou camisas de manga.
Sim, as que trocam o culto de sábado por uma balada o fim de semana todo.
Sim, a que as vezes atrasa a conta do celular pra pagar o camarote do black and white.
Sim, aquelas que você sempre julgou porque não tinha os mesmos padrões de comportamento igual ao seu.

Estão N A M O R A N D O.

Ainda não conseguiu entender?

Ok, vamos lá. Tanto você, quanto eu (sim, eu mesmo, menoshipocrisiapfv), já chamaram (ou ainda chamam) alguma ~amiguinha~ de piriguete por ter um comportamento meio... vamos lá, meio desapegado. Né?

Típico de balada: roupa curta, colada, decote, salto alto, cabelo na chapinha, maquiagem carregada, um copo de bebida na mão. Tá lembrando de alguém, admita! Eu tô lembrando de várias pessoas... Mas acontece, que de uns tempos pra cá (perto do carnaval, pasmem vocês!) elas mudaram o status de relacionamento nas redes sociais. Postaram foto com seu companheiro e parecem muito felizes.

Mas, Deni, algum problema nisso?

N Ã O. ENEAOTIL,NÃO!

Aí é o ponto. a gente julga tanto as pessoas pela aparência e esquece da essência. Conheço muitas amigas que se vestem assim porque gostam, se sentem bem e são bonitas pra caramba e querem valorizar o que gostam no seu corpo e nem por isso são piriguetes.

E daí se ela bebe a noite toda e sempre sai bêbada da festa? Geralmente são mulheres independentes que tem grana pra se bancar sozinha e pagar sua própria bebida. Ela pouco se importa com sua opnião, inclusive.

E se ela pega geral na festa? Que mal tem? Se ela se sente segura, não tem compromisso com ninguém, tá na hora de largar a hipocrisia de lado e parar de criticar aquilo que sempre lhe faltou coragem pra fazer. Não acha?

Aí aparecem tudo namorando e chego a conclusão: são felizes e seguras e passam isso pro seu companheiro.

- PQP! Lá vem o corno, sabe que a menina não presta, não é pra namorar, e fica pagando de otário.

Cara, se ele ta com ela, ele tá feliz. Ela faz ele feliz.

Uma coisa eu digo: existe muita piricrente que posta versículos bíblicos de bom dia no facebook, não sai da igreja e é mais piriguete do que aquela que posta foto de festa todo fim de semana.

A diferença é que: uma é feliz e a outra é frustrada.

Elas tão namorando e tão felizes. Se eles são otários ou não, se ela é pra namorar ou não. Só interessa ao casal.

Roupa curta, decote exagerado, chapinha no cabelo, batom vermelho: não quer dizer que ela é puta ou não. Quer dizer que ela é segura o suficiente e não é obrigada a nada, a não ser ser feliz.

Entendeu?

Um comentário :

  1. Oi Denilze,
    Concordo com você. A gente tem que parar de julgar as pessoas. Cada pessoa é feliz da sua maneira, mas eu não me sinto bem sendo piriguete. Conheço evangélicas que são muito mais fogosas que piriguetes e pagam de santa na igreja.
    Big Beijos
    LULU ON THE SKY

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Volte sempre!
Bjs
@denilzefranca